Tentativa de novo record em captura profunda

Depois de em Outubro de 2013, nas águas do Golfo de Cagliari a Sul da Sardenha, Itália, Gabriele Delbene ter registado o record do mundo da captura mais profunda em Apneia, onde realizou a captura de um mero com cerca de 8 Kg na cota dos 62,4 metros de profundidade, Gabriele intenta agora em 2016 bater esse mesmo record no ano em que completa o seu 50º aniversário.

Numa profundidade que varia entre os 55 e 66 metros, repousa, desde 1943, o navio Loredan que é um dos naufrágios mais fascinantes do Mediterrâneo. Por entre os destroços deste navio naufragado, Gabriele procurou um dentão (pargo dourado) que pudesse figurar no livro dos records. Perante a ausência destes belos predadores, Gabriele vislumbra um mero, com 7,7kg, na sua toca no meio dos destroços, “cai” sobre o mesmo e arpoa este, com a sua Roller de metro, à profundidade de 62,4 metros. 2 minutos e 42 segundos depois, Gabriele regressa à superfície de punhos no ar a festejar a captura que iria ficar na memória de muitos e nos registos de feitos incríveis.

Gabriele Delbene prepara-se agora para desafiar o seu próprio record já no próximo ano, 2016, desta vez fora de casa em águas do Oceano Atlântico, mais concretamente ao largo de Miami, Florida, onde perseguirá uma captura em cotas entre os 70 a 80 metros de profundidade.

O aumento significativo de cotas é preocupante, mas quando Gabriele registou o record em 62,4 metros, este estava a recuperar de uma lesão na perna o que o impediu de realizar treino físico na preparação desse feito. Para o concretizar do novo record, a preparação já teve início com o planeamento e este dita que os treinos têm início já no próximo mês de Janeiro para maximizar a forma de Gabriele aquando da realização da tentativa.

Como já é habitual neste tipo de eventos, todos os detalhes relativos à segurança serão cuidados, com o auxílio de vários mergulhadores a realizar segurança e uma equipa médica em caso de necessidade.

Ficamos a aguardar por boas notícias em 2016, com Gabriele a renovar o seu record no ano em que comemora os seus 50 anos.

Comentários